Mercedes-Benz escolhe Viessmann para a climatização do seu novo Centro de Formação

A Mercedes-Benz, empresa de prestígio mundial no setor automóvel, de modo a formar jovens para os seus centros de manutenção automóvel, idealizou e instalou um novo centro de formação localizado em Sintra. Assim reforça a formação de técnicos especializados e consolida um conhecimento abrangente da tecnologia respeitante aos veículos Mercedes-Benz, de modo a poderem oferecer um serviço de qualidade.

Este novo Centro de Formação Mercedes-Benz possui tecnologia de ponta, não tendo sido descurado claro está o sistema de AVAC, que ficou a cargo da empresa instaladora Engavac e os Serviços de Fiscalização de obra do Gabinete Graucelsius. Seguindo a filosofia de alta eficiência energética, baixas emissões poluentes, elevada fiabilidade dos equipamentos, funcionalidade e baixo custo de utilização e de manutenção, a escolha do parque de caldeiras recaiu naturalmente na marca VIESSMANN. Assim, para a produção de águas quentes sanitárias e sistemas de AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado) optou-se pela instalação de 3 caldeiras de condensação a gás natural VIESSMANN, modelo Vitocrossal 200 (CM2), com uma potência útil unitária de 500 kW.

A solução pelas tecnologias em causa adveio da necessidade de garantir as premissas de projeto já anteriormente referidas. O recurso à tecnologia de condensação irá permitir elevadas poupanças energéticas, que se irão traduzir evidentemente em poupanças económicas. Do ponto de vista de funcionamento e manutenção foram também garantidas características de elevada fiabilidade, desempenho e versatilidade.

Dado que a caldeira Vitocrossal possui um queimador cilíndrico Matrix, de funcionamento modulante, fica assegurada a correta e constante afinação na combustão (graças à sonda Lambda Pro), podendo o mesmo funcionar tanto com gás natural como com gás propano, sem recurso a kit de transformação. Este queimador além de ser extremamente silencioso, possui um regime de modulação que inicia nos 20% e possui baixas emissões poluentes.
A Vitocrossal possui ainda a característica de possuir superfícies de transmissão de calor em aço inoxidável Inox-Crossal, que garantem uma elevada resistência à corrosão, uma eficaz transmissão de calor, uma elevada taxa de condensação e ainda um efeito de auto-limpeza. De forma a facilitar a implantação em locais de reduzido espaço, todas as conexões hidráulicas podem ser efetuadas pela parte superior da caldeira.

No que concerne ao controlo, cada caldeira é controlado pelo respetivo quadro de controlo Vitotronic 100, sendo o funcionamento da cascata gerido pelo quadro de controlo Vitotronic 300. De modo a poder comunicar com o sistema de GTC (Gestão Técnica Centralizada), os quadros Viessmann foram equipados com módulos de comunicação LON.

De forma a manter o pleno respeito pelas condições ambientais, além das baixas emissões poluentes, foi também prevista a instalação de um sistema de tratamentos dos condensados produzidos no processo de aquecimento.

Artigo realizado em colaboração com a Termomat, SA

Fevereiro 2017
 

Consulte aqui mais informações sobre as caldeiras de condensação a gás Vitocrossal 200.