Angela Merkel inaugura novo Centro Tecnológico Viessmann

A chanceler alemã Angela Merkel e o Ministro de Economia, Energia, Transportes e Desenvolvimento Regional de Hessen, Tarek Al-Wazir, marcaram presença na inauguração do novo Centro Tecnológico do Grupo Viessmann para Investigação e Desenvolvimento. Um investimento de 50 milhões de euros que pretende distinguir o desenvolvimento interdisciplinar no âmbito da inovação.

No seu discurso de abertura, a chanceler alemã destacou o poder da inovação do fabricante de sistemas de aquecimento, industriais e de refrigeração, realçando que “a investigação e o desenvolvimento são para esta empresa de suma importância." No ano em que se celebra o 100º aniversário da Viessmann e a sua internacionalização nos últimos 25 anos, acrescentou: "O que começou por ser uma pequena oficina, tornou-se agora num grupo de empresas reconhecido a nível mundial. Podemos claramente reconhecer o respeito e a admiração pelo seu percurso nestes 100 anos." Sublinhando a nova estratégia do Grupo para a digitalização dos negócios e da indústria, Merkel afirmou: "É realmente interessante o que se pode construir neste novo relacionamento com o cliente. O cliente quer produtos personalizados, quer estar informado e quer tirar o melhor partido do seu produto".

"Este novo Centro Tecnológico é o futuro da inovação na área da transformação energética e na digitalização. Concentra o desenvolvimento em todo o processo de conceção do produto - desde a ideia à fase de produção ", afirmou o Presidente do Grupo, o Prof. Dr. Martin Viessmann.

O Centro Tecnológico de Investigação e Desenvolvimento Interdisciplinar criará 160 novos postos de trabalho e conta com um laboratório onde serão desenvolvidos e testados protótipos e a sua viabilidade comercial. "No projeto do Centro Tecnológico foi fundamental incluir todas as áreas que contribuem para o processo de desenvolvimento de produtos bem sucedidos e inovadores, incluindo a investigação e o desenvolvimento, a gestão de produtos, a gestão da qualidade, a tecnologia de produção, o software, o desenvolvimento e o controlo do volume de produção ", afirmou o Dr. Klaus-Peter Kegel, CEO da Viessmann - Departamento de sistemas de aquecimento.

Com 11.000 metros quadrados é o maior investimento individual na história da empresa familiar, que conta já com 100 anos.

Maio 2017